O que é Homeschooling: Saiba como funciona, os prós e os contras

O que é Homeschooling no brasil

Já imaginou tirar seus filhos da escola e educá-los em casa?

Isso é o que propõe o homeschooling, uma prática que vem se difundindo nos últimos anos no Brasil e fora dele. 

Para muitos, a ideia de poder passar mais tempo com o seu filho e auxiliá-los na educação é animadora. Outros vêem a ideia como absurda e ultrapassada.

E é refletindo essa dualidade que a discussão segue sem regulamentação em muitos estados do Brasil.

Quer saber mais sobre o que é homeschooling e como ele funciona no Brasil? Então continue a leitura! 

O que é homeschooling?

O homeschooling é uma prática que defende que os alunos devem ser ensinados em casa, pelos pais, e não na escola.

Essa modalidade de ensino não é nova e nem está presente apenas no Brasil. Muito pelo contrário, ela já foi difundida por pelo menos 60 países afora, segundo a Associação Nacional de Educação Domiciliar (Aned).

A ideia por trás do homeschooling é que os alunos tenham uma educação personalizada, de forma que os pais possam focar nas habilidades do aluno e desenvolvê-las ainda mais.

Outros argumentos que embasam essa modalidade de ensino na opinião dos pais que a adotam é a preocupação com valores e virtudes que muitos acreditam ser reforçados na educação em casa.

Leia também: Educação financeira para crianças: dicas de como ensinar!

– É permitido homeschooling no Brasil?

No Brasil, há divergências sobre o assunto. Pela lei, o homeschooling não é permitido no Brasil, mas também não é proibido.

O movimento se baseia, principalmente, no artigo 26 da Declaração Universal de Direitos Humanos, e no artigo 1.634 do Código Civil Brasileiro. 

Ambos afirmam que cabe aos pais o direito de escolher o gênero de educação a dar aos filhos e guiar a sua educação e criação.

Por outro lado, também está na constituição que os pais devem matricular seus filhos na escola.

Ou seja, as próprias leis do país abrem margem para discussão.

Há 25 anos já existem projetos de lei tramitando no Congresso Nacional que tentam buscar a legalidade do homeschooling. Entretanto, eles foram arquivados e o assunto segue sendo discutido.

Até o momento não há uma regulamentação federal sobre o assunto, o que tem gerado muitas dúvidas.

Entretanto, os estados têm liberdade para falar e fazer leis sobre o assunto. Distrito Federal e Paraná são alguns exemplos que regulamentaram a prática e também algumas cidades como Porto Alegre.

Por que o homeschooling está se tornando uma tendência? 

Ao contrário do Brasil, em muitos países a educação domiciliar já é legalizada, como nos Estados Unidos, Bélgica, Canadá, Rússia e Portugal, por exemplo.

Já em países como Alemanha e Suécia, a prática é considerada crime. É possível perceber que o assunto é complexo e as discussões sobre ele são longas, não é mesmo?

Mas não há como negar que a prática é uma tendência ao redor do mundo. Apesar de não ser nova, há um crescente número de famílias que tem buscado saber mais sobre o homeschooling e, de fato, adotado a prática.

A pandemia, inclusive, foi um fator que motivou muitas famílias a buscá-la. 

De acordo com uma estimativa do Ministério da Educação, havia 17 mil famílias, antes da pandemia que adotaram este sistema no país, mas esse é um número difícil de estimar.

Saiba mais sobre a prática no país, abaixo.

Como é o homeschooling no Brasil?

O que é Homeschooling vantagens e desvantagnes

No Brasil, a maioria das famílias que usam esse método de ensino é representada pela Associação Nacional de Educação Domiciliar (Aned).

A Anes é responsável por apoiar e integrar as famílias que adotam o homeschooling e também movimentar o debate dentro da política.

Mesmo a prática não sendo regulamentada, muitas famílias já adotaram esse método. Mas nesse caso, é importante superar alguns desafios, como a interação social e a qualidade do ensino.

O Brasil é um país muito amplo e as próprias escolas aqui possuem muita disparidade no ensino, mesmo existindo uma base comum para todo o país, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Para o homeschooling já existem algumas plataformas online que ajudam os pais na educação infantil.

Além disso, uma coisa muito importante no homeschooling é que os pais ajudem o filho a aprender a pesquisar. Por isso, os defensores da prática ressaltam que os pais não precisam saber todos os conteúdos, mas ajudar os filhos na pesquisa.

Também podem ser contratados professores particulares, se necessário.

Vantagens x Desvantagens do homeschooling

Separamos algumas vantagens e desvantagens do homeschooling que abrangem os dois lados da discussão, tanto de quem a defende quanto de quem a critica.

– Vantagens

Personalização do ensino

A personalização do ensino é uma das maiores qualidades citadas por quem defende o homeschooling.

De fato, é possível aprofundar e olhar para cada um de forma mais personalizada, já que é possível seguir no ritmo de cada criança.

Ensino mais qualitativo e menos quantitativo

De acordo com a Aned, é possível ensinar em 2h na educação domiciliar, o que na escola os alunos aprendem em 5h.

Também é possível usar de momentos no dia a dia para ensinar, como um passeio no museu ou no parque, por exemplo.

Maior custo-benefício

Os gastos com escola particular, que muitos pais teriam é economizado e pode ser usado como uma poupança para o futuro da criança.

Leia também: Educação Ambiental para Crianças: Descubra como fazer

– Desvantagens

Falta de socialização com outras crianças

Essa é a principal desvantagem do homeschooling, apontada por muitos dos críticos da prática.

Na idade escolar, a socialização é fundamental e auxilia no amadurecimento da criança e no desenvolvimento da empatia, da harmonização e do afeto.

Falta de convívio com a diversidade

O convívio com a diversidade é enriquecedor para a criança.

Ao longo da vida temos que conviver com o que é diferente da nossa cultura e da nossa criação. E aprender a entender isso é muito mais fácil enquanto criança do que depois de adultos.

Tempo escasso

Muitas famílias não possuem tempo para se dedicar ao homeschooling e a educação corre o risco de ser colocada de lado se não houver rigor na sua prática.

Afinal, aderir ou não o homeschooling para educação dos filhos?

O que é Homeschooling é permitido no brasil

Decidir como será a educação do seu filho é um passo extremamente importante e, por isso, todas as variáveis acima devem ser consideradas.

Somente quem pode decidir isso é a própria família, baseada na sua própria experiência e levando em conta a experiência de outras famílias que já a adotaram.

Se você se interessou pelo assunto, pesquisar mais a fundo sobre o homeschooling, suas vantagens e desvantagens é essencial antes de tomar qualquer decisão.

Mas independente da adoção do homeschooling ou não, os pais têm papel fundamental na educação dos filhos e podem praticar atividades que vão ajudar na sua formação.

A Todolivro tem a missão de ajudar na educação dos seus filhos.

Conheça os livros da Todolivro!

Conclusão

Agora você já sabe o que é o homeschooling e como funciona, assim como os desafios e benefícios de adotar a prática.

Apesar de não ser regulamentada, muitas famílias têm aderido à educação domiciliar para educar os filhos.

Os pais podem contar com situações do dia a dia para ensinar conceitos aprendidos nas escolas e também já existem plataformas online voltadas para o homeschooling.

E você, o que acha da prática? Já tinha ouvido falar sobre ela? 

Leia também: Desenho na educação Infantil: Qual a importância para as crianças?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *