Conheça 9 dicas de como ajudar o seu filho a estudar

como ajudar o seu filho a estudar

Estimular o interesse do seu filho pelo estudo é um desejo que você tem? Você não está sozinha!

Por isso, separamos algumas dicas de como ajudar o filho a estudar!

Durante a vida escolar do filho, muitas mães possuem as seguintes inquietações:

  • “O que fazer se meu filho tem preguiça de estudar?”
  • “Como estimular o interesse pelo estudo do meu filho?”
  • “Como ajudar meu filho a estudar para prova?”
  • “Como fazer meu filho estudar sozinho?”
  • “Meu filho não gosta de estudar, o que fazer?”

Se você se identifica com as questões acima e elas já passaram pela sua cabeça, confira as dicas de como ajudar seu filho a estudar!

9 Dicas de como ajudar o seu filho a estudar

– 1. Demonstre disposição para ajudar

Se mostrar disposto a ajudar é uma forma de não pressioná-lo e, ao mesmo tempo, de mostrar que você tem interesse nas atividades do seu filho.

Muitas vezes, o estudante pode se sentir incapaz frente ao estudo, e você pode ajudar dando dicas ou até mesmo pesquisando junto com ele sobre o assunto, caso você também não tenha muito conhecimento sobre.

Aos poucos, você vai auxiliá-lo a ter mais segurança nos estudos e a superar as dificuldades.

– 2. Defina pequenas metas

Se você pesquisar na internet como alcançar o que quer, provavelmente vai encontrar vários artigos falando sobre metas e objetivos.

E para os estudos não é diferente. Só que, muitas vezes, para crianças e adolescentes, você falar de um futuro distante, como se formar ou atuar em alguma profissão, não se concretiza em objetivos claros.

Por isso, ajudá-los a pensar em metas de curto prazo que o incentivem, pode gerar resultados mais satisfatórios.

Por exemplo, se o seu filho quer muito fazer futsal, mas está com as notas ruins, você pode combinar com ele, que ele pode fazer futsal se ficar acima da média.

Dividir essa meta em outras ainda menores também pode ajudar, como tirar uma nota boa na prova, entregar as tarefas, etc.

– 3. Seja um suporte emocional

como estimular o interesse pelo estudo

Palavras de apoio sempre podem ser um bom incentivo. 

Não se trata de psicologia barata, mas de entender o que ele está passando e, por meio, da empatia, demonstrar apoio a ele.

Tenha uma atitude positiva e encoraje-o, demonstre confiança nele e o mais importante: não deixe que ele desista frente aos obstáculos.

Faça com que ele entenda o obstáculo como um incentivo e não como algo que o desencoraje e o faça desistir.

– 4. Crie uma rotina

Estabelecer uma rotina para crianças é difícil, mas é uma das dicas de como ajudar seu filho a estudar mais importantes que você pode encontrar!

Ao criar uma rotina, o cérebro entende que tem hora para estudar e, com o tempo, a própria criança se acostuma a fazer suas atividades sem precisar que ninguém fique em cima.

Com uma vida corrida, as próprias famílias não tem horário para almoçar, se divertir, fazer o dever e tudo isso acaba virando uma bagunça.

Isso também pode acabar afetando a qualidade do sono da criança e, consequentemente, o seu desempenho nos estudos.

– 5. Separe um local adequado

O lugar e a infraestrutura adequada ajudam a manter a qualidade e o foco nos estudos. 

Se possível, é importante que a criança ou adolescente tenha uma escrivaninha adequada, uma cadeira confortável e os materiais que ela precisa para concluir as tarefas em mãos.

É muito diferente, por exemplo, fazer o dever em um local apropriado do que em uma cadeira desconfortável no canto da cozinha, onde a dificuldade de concentração aumenta.

Ter um local apropriado é uma ótima dica de como ajudar o filho a estudar, principalmente, por que criar este espaço é uma responsabilidade exclusivamente dos pais.

– 6. Elimine distrações

Celular, TV, gente falando, música, barulho… Tudo isso são fatores que geram distração e devem ser eliminados.

A cada dia parece que existem mais distrações que nos atrasam. As redes sociais são um exemplo claro. 

E se para os adultos já é difícil de se livrar das distrações, imagine para as crianças e adolescentes.

Por isso, imponha regras e limites e, de preferência, crie um acordo com o seu filho para não utilizar o celular no momento do estudo.

– 7. Defina um horário

Essa dica de como ajudar seu filho a estudar, tem tudo a ver com o que falamos acima sobre rotina.

Ao saber que hora começa e que hora terminam os estudos, fica muito mais fácil para a criança ou adolescente de se concentrar.

Dessa forma, ele vai conseguir encaixar mais facilmente os seus deveres dentro do horário estabelecido.

Você também pode ajudá-lo a criar um cronograma de estudos que vai facilitar na organização dos seus horários e rotina.

– 8. Participe das atividades e fomente discussões

meu filho tem preguiça de estudar o que fazer

Acima falamos sobre se mostrar disposto a ajudar. E isso diz respeito a deixar que o seu filho te chame quando precisar de ajuda. Dar a ele liberdade de escolha e não pressioná-lo.

Já aqui, a dica é mais voltada para a geração de debates ativos sobre o assunto. 

Vocês, enquanto família, têm uma participação gigantesca na educação das crianças e não há necessidade de deixar a parte dos estudos só com a escola.

As discussões fora do âmbito escolar podem gerar novos pontos de vista sobre determinado assunto e ampliar a pluralidade da discussão, o que é ótimo!

Leia também: Leitura em Família: Veja os benefícios para o desenvolvimento infantil

– 9. Incentive a leitura de livros

A leitura tem um impacto gigantesco nos estudos. Ela ajuda na compreensão de mundo da criança e do adolescente. 

Isso pode vir desde pequeninos, quando a leitura é uma prática incentivada pelos pais, mas nada impede que ela se desenvolva mesmo depois que o seu filho já está grandinho.

Entre os benefícios da leitura estão:

  • desenvolvimento do pensamento crítico;
  • estímulo à criatividade e inteligência;
  • auxílio no desenvolvimento da linguagem e interpretação de texto;
  • melhora na concentração, entre muitos outros benefícios.

Quer encontrar os melhores livros para incentivar a leitura do seu filho? 

Então conheça a Todolivro!

Conclusão

Muitas famílias se preocupam quando uma criança tem dificuldade com os estudos ou mesmo não possui muito interesse no assunto.

Mas o papel das mães não é passivo, e é possível ajudá-lo a desenvolver o gosto pelos estudos.

Inclusive, toda a família tem um papel muito importante tanto na organização dos estudos quanto no incentivo às discussões, no auxílio com as tarefas etc.

E aí, as dicas de como ajudar o filho a estudar ajudaram? Então comece agora mesmo a colocá-las em prática!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *