Crianças Aprendendo Inglês

Publicado em 30 de julho de 2015
descobrindo letras

Crianças aprendendo inglês
Créditos da Imagem: StockSnap   Via: Pixabay

 

A aprendizagem de um segundo idioma é algo muito benéfico para o desenvolvimento intelectual dos pequenos, pois estimula o raciocínio e a criatividade deles e ainda melhora as habilidades de memória e concentração. Além disso, a criança passa a conhecer outras estruturas frasais e diversos aspectos da cultura de outros países.

Referência nos campos de comunicação, negócios e lazer, o inglês se tornou uma língua universal e assumiu grande importância no dia a dia das pessoas. Por esse motivo, dominar o idioma é cada vez mais um pré-requisito essencial na vida de todos.

Embora não haja uma idade ideal nem um período básico (meses ou anos) para aprender essa língua, especialistas afirmam que a melhor maneira de internalizá-la naturalmente, ou seja, de modo fluente e desenvolto, é começando a conhecê-la ainda na infância, logo nos primeiros anos da alfabetização.

Nessa fase, a criança ainda não está preparada para compreender regras gramaticais, mas consegue assimilar muito bem a pronúncia e associar as palavras estrangeiras que designam objetos, pessoas e numerais. O processo de ensino precisa ser prático e ao mesmo tempo tem de ser lúdico, proporcionando aos pequenos experiências prazerosas. Vale a pena investir em histórias curtas, jogos, desenhos, brincadeiras, animações e outros recursos.

livro infantil

Incentivar as crianças através da leitura de contos e histórias curtas
Créditos da Imagem: WokinghamLibraries   Via: Pixabay

 

Para aprender outra língua de forma efetiva, mais do que os incentivos em sala de aula, a criança também precisa do apoio dos pais. Estimular o uso do novo idioma em casa durante as refeições, por exemplo, é uma ótima maneira de treinar a pronúncia e a conversação. Já ouvir músicas em inglês no carro enquanto estão a caminho da escola ou voltando para casa é uma boa forma de adaptar a audição e expandir o vocabulário. Para completar, incentivar a leitura de contos e histórias curtas na nova língua antes de dormir é sempre uma boa ideia.

É importante ressaltar que essas atitudes têm de ser naturais. A criança precisa sentir-se à vontade para manifestar-se usando o novo idioma. Impor as práticas como uma obrigação pode inibir e desmotivar os pequenos.