Qual a idade para aprender um novo idioma?

Publicado em 31 de agosto de 2015
aprender inglês

Saiba qual a melhor idade para aprender um novo idioma
Créditos da Imagem: Counselling   Via: Pixabay

 

Saber falar mais de um idioma é uma importante competência no mundo globalizado em que vivemos. Motivados por quererem preparar seus filhos para o futuro da melhor forma possível, muitos pais estão inscrevendo-os em cursos, como o de inglês, cada vez mais cedo. Mas existe idade correta para aprender outra língua?

Entendendo o cérebro da criança

Uma das estruturas mais importantes para o desenvolvimento do raciocínio lógico é o hipocampo. É ele que organiza todas as informações que são absorvidas por nossos sentidos e que armazenamos na memória, e sua formação acontece apenas dos quatro aos seis anos.

Dessa forma, uma criança que esteja em um estágio anterior ao começo do desenvolvimento tem acesso a uma caixa com todas as informações armazenadas, mas não consegue fazer associações mais sofisticadas entre elas.

Melhor idade

O período que vai dos quatro aos seis anos e compreende a formação do hipocampo é ideal para ensinar as crianças novos idiomas, pois elas compreenderão as estruturas semânticas e sintáticas como se tudo fizesse parte de um grande dialeto, sem fazer uma separação entre os termos.

Quando elas completam seis anos, há uma definição do que seria “língua padrão” e ela é compartimentada em um lugar específico do cérebro. Dessa forma, cada palavra do novo idioma precisa ser relacionada a um termo já existente no arquivo da “língua padrão”. Porém, essa separação é quebrada ao aprender outro idioma, tornando os próximos mais fáceis de dominar.

No entanto, a janela de oportunidade para aprender outra língua não se fecha após os seis anos, ela se estende até a puberdade, ou seja, mesmo que eles comecem o curso com 10 anos, por exemplo, poderão dominar o novo idioma.

Ligação emotiva e participação dos pais

Caso a nova língua tenha uma ligação afetiva para a criança, como um familiar que utilize este outro idioma no cotidiano, essa exposição poderá fixá-lo no cérebro da criança.

O encorajamento e a participação dos pais é um fator que favorece o aprendizado. O contato com a nova língua não pode acontecer apenas na escola, é preciso trazer esse conhecimento para dentro de casa. Mesmo que não dominem o assunto, os familiares podem assistir a filmes e ouvir músicas de língua estrangeira junto com os pequenos, incentivando, assim, a assimilação do que lhes foi passado.

Material de apoio

leitura infantil

Incentivar o aprendizado com livros interativos
Créditos da Imagem: MadalinIonut   Via: Pixabay

 

Principalmente nessa idade, o aprendizado é obtido por meio da interação. Desta forma, produtos como o livro Meu Primeiro ABC em Inglês com Sons, que apresentam o idioma de uma forma lúdica, são uma excelente alternativa.