Como Preparar o Filho para a Chegada de um Irmão

Publicado em 4 de novembro de 2015
preparar-filhos-chegada-irmao

Imagem de: Pixabay.com

Ter um novo bebê em casa nem sempre se torna um processo fácil, principalmente em lares onde já tenha uma criança, ainda mais se ela for filha única. Alguns pequenos acabam reagindo mal à chegada de um irmãozinho ou irmãzinha, isso por sentirem ciúmes ou acharem que não terão mais a atenção de sua família. Para isso, é necessário que os pais preparem seu filho para a chegada do novo membro.

Tenha um diálogo aberto com seu filho

Antes de tudo, é necessário que os pais sentem com a criança para contar a novidade. Nesse momento, você verá a reação de seu filho. Caso ela seja negativa, procure saber o que ele pensa e o que sente quanto à gravidez, pois a criança pode achar que, com um bebê em casa, ela não terá mais o mesmo carinho e afeto dos pais e pode acabar se sentindo enciumada. Deixem bem claro que isso não irá acontecer e que a chegada de uma criança menor não irá interferir no relacionamento que vocês têm. Você pode contar com livros infantis que tratem do assunto, como o Como Me Sinto… Quando Estou Com Ciúmes, que ajuda as crianças entenderem e lidarem com esse sentimento. Disponha-se também a responder todas as dúvidas que a criança possa ter e seja sempre sincero com ela na hora de responder. Dessa maneira, o pequeno entenderá a situação e saberá que poderá contar com os pais sempre que tiver medo ou questionamentos.

Deixe que a criança participe da gravidez

É importante que o filho mais velho esteja presente durante a gravidez de sua mãe. Permita que ele te acompanhe nas consultas médicas e que dê opiniões quanto ao quarto do bebê. Explique também como é o processo de gravidez, deixe que a criança coloque a mão na sua barriga para sentir o bebê chutar e o incentive a “conversar” com seu irmão mais novo enquanto ainda está no ventre. Permita que o filho mais velho participe da vida do bebê quando ele nascer. Você pode pedir que ele te auxilie em algumas tarefas, como pegar uma fralda ou que te faça companhia no banho do recém-nascido.

Não altere a rotina da criança

harmonia-entre-irmaos

Mudanças são difíceis, principalmente para os pequenos. Então, por mais que a responsabilidade aumente e você se sinta indisposto, evite ao máximo alterar a rotina de seu filho. Continue fazendo as atividades que normalmente faz com ele pois, dessa maneira, a criança vai entender que a chegada de um bebê não mudará o seu estilo de vida drasticamente e não terá a sensação de que toda a rotina dos pais será voltada a cuidar da nova criança. Mesmo depois que o bebê nascer, lembre-se que seu filho mais velho vai precisar de bastante atenção e carinho, então, não negligencie suas vontades e esteja presente quando o bebê novo estiver em casa.