Papinha: Saiba como Alimentar seu Bebê corretamente

Publicado em 28 de outubro de 2015
Papinha Bebê

Papinha – Alimentar seu bebê corretamente
Créditos da Imagem: Ben_Kerckx   Via: Pixabay

 

Até os seis meses, o bebê deve ser alimentado exclusivamente com leite materno, que garante o desenvolvimento físico e cognitivo e evita alergias alimentares e outras doenças. Essa regra vale mesmo se o pequeno tomar leite artificial. Passada essa fase, é necessário oferecer refeições nutritivas e que sejam fáceis de deglutir, como as papinhas.

Como inserir as papinhas na alimentação

Comece pelas papinhas de frutas, oferecendo-as entre uma mamada e outra. Prepare-as primeiramente à base de uma opção suave, como maçã ou pera, e não exagere na dose. Nunca as adoce com açúcar ou mel.

Oferecendo papinhas salgadas

papinha salgada

Fonte de carboidrato, proteína, legumes e verduras para os bebês
Créditos da Imagem: Ben_Kerckx   Via: Pixabay

 

Como o bebê estará acostumado ao sabor adocicado do leite e das frutas, será um pouco difícil fazer com que aceite as papas salgadas. Sirva-as primeiramente na hora do almoço e somente após o período de adaptação, no jantar também, substituindo as mamadas correspondentes.

As papinhas salgadas precisam conter uma fonte de carboidrato (arroz, macarrão), uma de proteína (carnes em geral) e duas de legumes e verduras. Para temperá-las, prefira pequenas quantidades de cebola, alho, azeite ou ervas como salsinha e cebolinha. Se for utilizar sal, modere na quantidade. Os ingredientes devem ser cozidos e em seguida amassados ou passados na peneira. Nunca bata-os no liquidificador, para estimular a mastigação.

E quanto às papinhas industrializadas?

Essas papinhas são preparadas por meio de um processamento que ajuda a conservar os nutrientes, mas obviamente o produto in natura é sempre a melhor alternativa. Por isso, o ideal é oferecê-las somente quando não houver tempo para preparar opções caseiras ou em caso de passeios e viagens longas, durante os quais os ingredientes naturais costumam estragar. Nesse caso, escolha aquelas que não tenham corantes, conservantes, açúcar, gordura trans e com poucas quantidades de sódio na composição.